Central de atendimento - (48) 3029.0099

Você está em: Notícias

Estudo comprova que dieta mediterrânea auxilia memória e habilidades cognitivas

#Saúde e Nutrição

Quem segue essa dieta tem 19% menos chances de apresentar problemas cognitivos. Ela já virou sinônimo de um corpo mais saudável, por ser rica em ômega-3, e assim ser anti-inflamatória e reduzir o colesterol ruim do corpo. Mas quem diria que ela é também uma grande amiga da saúde da mente! Cientistas da Universidade de Alabama em Birmingham (Estados Unidos) e da Universidade de Atenas (Grécia) descobriram isso em seu estudo, publicado no jornal Neurology no dia 30 de abril.

A pesquisa foi feita com base em outro estudo, feito pela UAB, que tinha dados sobre 30.239 pessoas com mais de 45 anos, acompanhadas de 2003 a 2009. O objetivo original era verificar as chances de derrames em pessoas de diferentes raças, de acordo também com a proximidade que sua alimentação tinha com a dieta mediterrânea.

Porém, foram feitos também testes para verificar as habilidades cognitivas e a memória dos participantes, e foi sobre essas informações que os pesquisadores se debruçaram. A conclusão deles foi que os benefícios não se diferem entre negros e caucasianos, e que houve uma diminuição em 19% dos riscos de problemas nesses dois aspectos em quem seguia a risca a dieta mediterrânea.

A única diferença de resultados se deu entre os diabéticos, que formavam 17% do grupo. No caso deles, a dieta mediterrânea já não traz tantos benefícios à mente, sendo mais moderada.

Fonte: Minha Vida

Publicado em 12.06.2017

Relacionados

Ver mais posts

Todos os direitos reservados. Sonitec 2017.

por Nacionalvox