Central de atendimento - (48) 3029.0099

Você está em: Notícias

9 dicas para impor limites aos filhos

#Mães e Filhos

Conselho nunca é demais, certo? E na tentativa de acertar, muitos pais acabam errando. Então mães, aqui vão 9 dicas de atitudes menos e mais efetivas na hora de impor limites aos pequenos. Confira:

1 - Não se explique demais. Se a criança não atendeu ao seu apelo para fazer ou deixar de fazer algo, dificilmente você a convencerá com mais e mais explicações. Por isso, seja firme e a faça entender que tudo o que você pede é para o bem dela. 

2 - Não dê mais de um aviso. A maioria das crianças entende que enquanto os pais estão no "modo de aviso", nada irá acontecer com elas. Portanto, seja firme.

3 - Não adule ou coaja. Não recompense o seu filho para encorajá-lo a começar uma tarefa que não é mais do que a obrigação dele.

4 - Não suborne. Se a criança só faz as coisas se ganhar algo em troca, você terá que, com o passar do tempo, pensar em maiores e melhores "mimos". E esse, sem dúvida, não é um bom hábito para se encorajar nos pequenos.

5 - Não ameace. "Se você não fizer isso...então eu irei...". Isso dará margem para que a criança negue o seu pedido, além de que, se você falar que irá fazer algo, será obrigada a cumprir isso depois.

6 - Não puna. Muitas crianças quando punidas se sentem ressentidas, irritadas e tratadas de forma desleal.

7 - Peça só uma vez. Simplesmente peça o que deve ser feito e observe a resposta do seu filho. Isso dará a ele uma informação de que aquilo é realmente importante. 

8 - Diga de maneira enérgica. Fique perto do seu filho, olhe a criança nos olhos e fale baixo com ele. Isso mostra que você está no controle. 

9 - Aja. Se o seu filho não responde a nenhuma das ações anteriores, você precisa fazer algo. A coisa mais eficaz é usar a distância emocional até que a criança esteja pronta para fazer o que lhe foi pedido.

Fonte: http://marcca.ag/1ljpReh

Publicado em 12.06.2017

Relacionados

Ver mais posts
Grupo Merya

Todos os direitos reservados. Sonitec 2017.

por Nacionalvox